domingo, 8 de março de 2009

Dia 1 - pelo menos no blog

Olá.

O meu nome é Rita, tenho 28 anos e uma enorme dificuldade em perder peso (e diria, uma grande facilidade em ganhá-lo). Já não tenho idade para me desculpar e fingir que não vejo as coisas como são: a realidade é que nunca levei uma dieta até ao fim. Assim que me via a perder algum peso, depressa accionava um mecanismo qualquer que me fazia recompensar: comendo novamente tudo sem regra alguma. Tenho vindo a ganhar peso nos últimos anos, e a acumulá-lo nas coxas e especialmente nas ancas e nádegas - a minha zona mais crítica.

Gosto de comer. Gosto de comer aquelas coisas que sei que não fazem bem e que devem ser comidas com contenção. Sei também que se fosse mais regrada as conseguiria comer e ainda assim ter o peso que quero: o meu grande problema é que sou 8 ou 80 - duas bolachas? Porque não o pacote inteiro? 1 quadradinho de chocolate: naaaaa... uma tablete inteira. A verdade é que ainda não consegui descobrir em mim o equilíbrio - e sei que ele é a grande chave para tudo na vida!

Não lido mal com as dietas - o meu problema e que, não sabendo muito bem nem quando, nem como, começo a prevaricar um bocadinho aqui, acolá e quando dou por mim já não estou nitidamente a fazer dieta coisíssima nenhuma. E quando caio em mim penso: bem, perdida por 100, perdida por 1000 - toca a comer tudo como se não houvesse amanhã.

Acredito que a comida vicia - não a todos, mas a alguns - e eu devo ser uma dessas pessoas. Tal como o alcool, tal como heroína... e a força de vontade nem sempre chega para se conseguir dar a volta. Eu sei que não gosto de me ver ao espelho, mas ainda assim saio de casa decidida a comprar coisas que sei que não me vão fazer bem. E depois como tudo com uma sofreguidão tão grande - sempre com medo que alguém me veja. E depois vem a culpa - e o vómito forçado. Não serei bulímica com todas as letras, mas devo ter epidódios em que passo por isso. E sinto-me mal, muito mal comigo mesma.

Este blog - é a primeira vez que faço algo deste género - servirá para me dar um novo estímulo, um novo ânimo.

Estou já há 3 semanas em dieta, mas só há uma semana a seguir um plano alimentar que já me havia sido prescrito por um nutricionista. Não sinto fome - mas não é esse o meu problema, o meu problema é a gula. Tenho-me vindo a pesar nos últimos dias - ganhei coragem e comprei uma balança - e apesar dos problemas de prisão de ventre que volta e meia aparecem - perdi já algumas gramitas. O meu peso, hoje de manhã, em jejum foi de 80,7 Kg. Na terça-feira passada pesava 82,4 Kg. Não acredito que tenha perdido este peso em tão poucos dias - atribuo isto a flutuações de água no meu corpo, mais ou menos retenção de líquidos, intestino...

O meu objectivo será perder 500 g por semana (se perder mais, óptimo) - creio que é um objectivo razoável, e não será muito complicado alcançá-lo. Não me proponho a metas fantasiosas porque sei que isso acabaria por ser pior (pelo menos, para mim).

Sempre que posso ando a pé - caminhadas nunca inferiores a 40 minutos. Tenho também uma bicicleta de rua (ainda hoje andei quase 2 horas entre Monsanto e Algés) e uma bicicleta estática - que adoro fazer a ver as minhas séries de eleição: Anatomia de Grey, Lost, House, Dexter entre muitas outras.
Tento fazer sempre abdominais, flexões, agachamentos, biceps e triceps - tenho uns pesos em casa - e besuntar-me de cremes anti-celulíticos para os braços e coxas.

Hoje o dia tem corrido bem. Mostro-vos aquilo que já passou pelo meu estômago:

PA: leite magro + 5 cs cereais integrais + 4 morangos
L1: 1 pêra + 2 bolachas integrais da Proalimentar
L2: uma mão cheia de cereais enquanto preparava um almoço que ia ser demorado
ALM: alface + tomate + cenoura cozida + 3 cs feijão frade + cavala e ovas de sardinha em lata (não duas latas, mas um bocadinho de cada uma)

Como o almoço foi tarde (15 h) ainda não lanchei, mas por regra faço um lanche a meio da manhã e dois lanches à tarde. Conto comer um iogurte daqui a pouco e jantar cedo (sopa, queijo fresco, 2 tostas integrais e fruta).

Embora já tenha andando de bike na rua, vou fazer mais 40 minutos na estática.

Não quero desbobinar tudo neste 1.º post. Com o tempo acabarei por falar mais de mim e das minhas experiências.

Fiquem bem e um bom resto de Domingo (com sol!)

1 comentário:

  1. bem e ao ler isto revi me perfeitamente... escreveste tudo o que faço :)
    e agora e ganhar força para tentarmos perder este peso ne
    beijinhosss

    ResponderEliminar